01ago/19

Como aumentar o FPS de uma AEG?

Como Aumentar o FPS de uma AEG?

Recentemente recebi várias visitas oriundas de buscas realizadas em mecanismos de busca da internet e pela análise do tráfego fiquei impressionado com a quantidade de buscas com termos do tipo “aumentar o FPS da AEG”, “aumentar FPS Airsoft”, “aumentar FPS…”, etc.

Muitos jogadores iniciam no Airsoft com armas com FPS médio entre 320 e 360 e colocam na cabeça que um FPS nessa faixa o deixa em grande desvantagem em relação a um jogador com uma AEG batendo 400 FPS. Geralmente os campos adotam 400 FPS como limite para armas de assalto, que enquadra a grande maioria das AEG vendidas no Brasil. Então, devido esse limite e a falsa conclusão de que FPS alto é sinônimo de melhor desempenho, o jogador logo que adquire uma AEG já quer saber como aumentar o FPS para torná-la “mais forte” (termo que constantemente escuto em campo ou quando recebo alguém na oficina).

Sem enviesarmos na discussão sobre limite de FPS ou outras controversas acerca deste mesmo assunto, vamos tentar aqui ajudar com uma série de textos que ajudará muitos jogadores a terem respostas para a grande pergunta que não quer calar:

“Como aumentar o FPS da minha AEG?”

Bem, a resposta geralmente pode parecer bem simplista como, por exemplo: “troque por uma mola mais forte” ou “troque a cabeça do pistão por uma de metal”…

Eu já recebi em minha oficina uma meia dúzia de AEG toda “upada” com os internos da gearbox completamente arruinada. Isso porque o “técnico” que fez os upgrades anteriormente simplesmente informou que havia trocado apenas a mola original por uma M140 e colocado um pistão de alumí­nio para a “AEG bater mais forte”, prometendo inclusive FPS acima dos 400 para uma AEG de assalto. O Resultado: engrenagens destruí­das, pistão empenado, mola quebrada e para completar, em alguns casos, a casca da gearbox não aguentou o “batidão” e rachou.

O que sempre deixo bem claro é que quanto mais forte a mola, maior é o estresse do sistema todo e mais peças terão de ser trocadas para suportar o peso da mola. E nem sempre o baixo FPS está diretamente ligado a um suposto cansaço da mola. Outros fatores, inclusive relativos ao sistema de hop-up, podem ser a causa de vazamento de ar e, consequentemente, diminuição do FPS.

Nessa sequencia de publicações vamos analisar toda a cadeia de componentes que influenciam diretamente no ganho de compressão. Vamos priorizar também serviços que o jogador poderá realizar para obter o máximo de compressão e aumentar o FPS da AEG sem maiores gastos com troca de peças. Boa parte dos preceitos que serão aqui apresentados baseia-se no funcionamento de AEG, mas podem muito bem serem aplicados, com as devidas adaptações, a armas à  mola, como por exemplo, rifles snipers.

Antes de começarmos vamos lembrar quais as partes compõem o sistema de compressão de uma AEG:

1 – Guia de Mola;

2 – Mola;

3 – Pistão;

4 – Cabeça de Pistão;

5 – Cilindro;

6 – Cabeça de Cilindro;

7 – Nozzle;

8 – Câmara de Hop-up;

9 – Bucking;

10 – Cano interno.

Nas próximas publicações explicaremos a função de cada uma dessas peças e qual o impacto de cada uma delas no FPS final atingido pela AEG. O primeiro item a analisarmos é o guia de mola.

Clique no link abaixo e boa leitura:

Como aumentar o FPS de uma AEG: Guia de Mola